PEA - www.pea.org.br - Projeto Esperança Animal

Seja um Ativista Seja um Associado Faça uma Doação Lojinha Adote Sobre a PEA

Página Inicial

 

Ajude a combater os maus tratos e o abandono de animais. Seu apoio é muito importante.

Faça a Diferença

Clique Aqui

Você também pode ajudar

efetuando sua contribuição nos bancos abaixo

 

Banco Itaú

 Agência: 1574

Conta Corrente: 22004-0

 

Bradesco

  Agência: 0665-3

Conta Corrente: 127.526-7

 

CNPJ: 05.872.606/0001-30

 
Acesse, Copie, Divulgue

 

 

Siga a PEA

 

 

PEA


Sobre

Perguntas Freqüentes

Mensagem

 

 

Sobre

A PEA (Projeto Esperança Animal) é uma Entidade Ambiental, qualificada como OSCIP, que tem o objetivo de propiciar harmonia entre os seres humanos e o planeta.

 

Em 1998, um trabalho de conclusão de curso da então aluna Ana Gabriela de Toledo deu início a um arrojado projeto voltado para a preservação dos animais silvestres brasileiros, com impactos diretos nos ministérios do meio ambiente e do turismo. Após alguns meses de estudos e testes tomou forma o nome e o logotipo da PEA. No segundo semestre de 2002 iniciou-se uma seqüência de reuniões com a intenção de aproximar pessoas e originar uma entidade ambiental que atuasse com determinação em busca dos objetivos do grupo. Nesse momento, optou-se por unanimidade em prosseguir com a marca PEA e iniciaram-se imediatamente os trabalhos de desenvolvimento e votações do estatuto interno da entidade. Em 27 de agosto de 2003 a PEA foi oficializada como pessoa jurídica de direito privado sem fins lucrativos. Em 14 de setembro de 2005 a PEA recebeu a qualificação de Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), fornecida pelo Ministério da Justiça.  

 

Causa: Proteção ao meio ambiente e a biodiversidade.

 

Objetivo: Contribuir para propiciar harmonia entre os seres humanos e as diversas espécies do planeta.

 

Missão: Mudar o cruel tratamento que os animais e o ambiente recebem nos dias de hoje.

 

Áreas de Atuação: Nossos projetos visam à preservação do meio ambiente e de animais em geral, mediante ações de conscientização da sociedade. A maioria dos seres humanos toma parte ativa ou concorda com práticas que exigem o sacrifício do bem-estar de outras espécies para atender interesses muitas vezes triviais da humanidade. Somos contrários à idéia de que a espécie humana é superior às demais e que os animais existiriam para nos servir. Acreditamos que mudanças dos hábitos de consumo e de entretenimento  são capazes de garantir o bem estar de todas as espécies do planeta.

Acreditamos que a mudança começa em nossas próprias casas.

 

Lutamos Contra:

A eutanásia: A PEA  é contrária à eutanásia de animais  sadios pelas autoridades públicas. Recomendamos a esterilização e a vacinação como métodos de controle populacional e sanitário de animais domésticos.

 

O abandono, os maus-tratos e abusos: A PEA luta contra o abandono, o aprisionamento, o espancamento, a mutilação e o envenenamento de animais, além da negligência em prestar cuidados básicos (alimentação e abrigo) e atendimento veterinário.

 

O uso de animais em entretenimento: circos, rodeios, rinhas, farra do boi, touradas, caça e pesca esportiva, tração etc.. Além do uso de animais em vestuário (peles) e como cobaias em testes e experimentos científicos dolorosos, abusivos e  desnecessários. A PEA ainda recomenda as diversas correntes do vegetarianismo como um estilo de vida saudável e  compatível com a defesa dos animais e, principalmente, do meio ambiente.

 

O comércio de animais: A PEA é contrária a todo tipo de comércio de animais,  domésticos, selvagens e  silvestres. A PEA  recomenda a adoção responsável de animais domésticos e mantém um site de doação de cães e gatos resgatados das ruas.

 

Abrangência: A PEA tem abrangência nacional, nossos voluntários estão espalhados pela maioria dos estados brasileiros, entretanto, estamos fortemente concentrados na região da Grande São Paulo.

 

Dificuldades: Os resultados de nossas propostas não são imediatos e muitas vezes de difícil mensuração.

 

Reconhecimento: A PEA pretende assumir o papel de uma entidade que faz acontecer. Uma entidade na qual as pessoas realmente acreditem e que realmente possa mudar a realidade ambiental do planeta. Uma entidade atuante e fiscalizadora, competente, séria e comprometida com a razão, com a qualidade de idéias, projetos e ações.

 

Membros: A PEA conta atualmente com 06 sócios fundadores e honorários, 04 diretores estatutários, 07 coordenadores de projetos, mais de 12.000 ativistas cadastrados em todo o país e mais de 150.000 simpatizantes.

 

Perfil dos Membros: A diretoria da PEA é formada por profissionais dos mais diversos segmentos da economia, que acreditam no dever do ser humano em preservar o meio ambiente e respeitar toda espécie de vida. Contamos também com estudantes de praticamente todos os ramos, que se inscrevem como ativistas e participam da elaboração e execução de projetos. Qualquer pessoa pode colaborar conosco, basta identificar-se com nossas ações, cadastrar-se como ativista e colocar a mão na massa. Para se cadastrar Clique Aqui .

 

Voluntariado: A PEA adota e incentiva o trabalho voluntário. Todos os diretores da PEA são profissionais voluntários que doam parte do seu tempo conduzindo os projetos da entidade.

 

Papel do Ativista: O ativista da PEA pode participar na elaboração de projetos e campanhas. O ativista é sempre chamado para participar de protestos, manifestações e eventos promovidos pela PEA. Na medida do possível, o ativista pode contribuir com tarefas relacionadas com sua formação e atuação profissional, como é o caso de: designers, web, programadores, jornalistas, advogados etc..

 

Destino das Arrecadações: A PEA destina os recursos arrecadados para a realização de projetos que estejam em conformidade com os objetivos estatutários da entidade. Despesas operacionais como: hospedagem dos sites; contabilidade; material para campanhas; faixas; estandartes; confecção de materiais para conscientização; realização de eventos etc.. Veja algumas de nossas realizações Clique Aqui .

 

Prestação de Contas: A PEA se compromete a obedecer legislação contábil vigente, conta com assessoria de escritório especializado e disponibiliza todos os documentos fiscais, contábeis e operacionais à sociedade. Veja nossos demonstrativos de resultado Clique Aqui .

 

>voltar<

 

 

Perguntas Freqüentes

Como entrar em Contato?

Acesse nosso formulário Clicando Aqui, mas antes veja se sua dúvida não está respondida abaixo, por favor.

 

Podemos visitar a PEA?

A PEA está iniciando a implantação de uma sede operacional que poderá ser visitada. Por enquanto, todos os diretores e colaboradores da PEA utilizam estruturas Home Office e se encontram para reuniões de decisão. Em breve, estaremos de braços abertos lhe esperando para uma visita.

 

A PEA pode verificar denúncias?

A PEA pede que seus ativistas, ao presenciar qualquer ocorrência ou emergência com animais que exija intervenção, tomem o caso para si e ajam pessoalmente de forma imediata. Muitas vezes perde-se muito tempo na procura por ajuda ou no aguardo de que outros tomem providências. Ocorrências com animais normalmente são emergenciais. Incentivamos ainda que denuncias envolvendo abusos e/ou maus-tratos sejam encaminhadas diretamente à delegacia local. Em caso de flagrante de maus-tratos acione a Polícia Militar pelo número 190. Tenha sempre em mãos as leis e verifique no site da PEA “como denunciar”. Saiba como denunciar maus-tratos - Clique Aqui

 

Como faço para denunciar um caso de maus-tratos contra animais?

Se for urgente e/ou flagrante chame o 190, ou procure a delegacia mais próxima e proceda conforme está descrito Aqui. Tenha em mente que todo cidadão deve agir como fiscal do meio ambiente e dos animais em geral, portanto, você deve fazer a sua parte sem precisar acionar uma ONG ou esperar por ajuda de terceiros.

 

O que cada cidadão pode fazer?

Em primeiro lugar ser um fiscal da vida: denunciar o abandono e qualquer tipo de maus-tratos aos animais. Levar conhecimento e conscientizar as pessoas que estão a sua volta. No site da PEA há muita informação disponível que poderá ajudá-los na divulgação e orientação. A mudança começa dentro das nossas próprias casas. Reveja seus hábitos de consumo e entretenimento. Divulgue essa idéia.

 

Vocês são vegetarianos?

A PEA acredita que o hábito de não comer carnes é mais saudável e colabora para um mundo melhor. O desmatamento, a poluição dos rios, das terras e do ar, além de milhões de mortes poderão ser evitadas na medida em que a população passar a comer mais alimentos naturais e menos carnes. Por gentileza, acesse a nossa página www.pea.org.br/crueldade/abatedouro/fotos.htm . Lá, reunimos informações, fotos, vídeos e slides sobre o tema Animais para Consumo.

  

A PEA tem abrigos de animais?

A PEA não possui abrigos para receber animais. 

 

A PEA pode indicar abrigos para que eu encaminhe algum animal?

A PEA não indica abrigos para que você encaminhe um animal. Os abrigos existentes além de estarem lotados estão sempre precisando de ajuda, pois o abandono de animais é muito maior que as adoções. As despesas são imensuráveis e a ajuda que recebem é insuficiente para suprir suas necessidades impedindo que possam ajudar e receber outros animais.

 

A PEA resgata animais?

A PEA não resgata animais, pois não temos abrigos.

 

Encontrei um animal, posso encaminhá-lo para a PEA?

Você não pode trazê-lo para a PEA. Neste caso, o mais correto é você hospedá-lo temporariamente até encontrar um novo lar para ele. Clique Aqui para saber o que fazer em casos de resgates de cães e gatos.

 

Quero doar um cão / gato. Posso anunciá-lo no site da PEA?

Não. Os animais divulgados no site da PEA estão sob a responsabilidade direta da entidade, abrigados em lares temporários ou hoteizinhos. Você poderá anunciar na Comunidade Q1B (Quero Um Bicho) no Orkut, no Grupo PEA no Yahoo e no Fórum QueroUmBicho. Há também uma lista de sites de doação, Clique Aqui. Outra dica é fazer cartazes e distribuí-los em Pet Shops, clínicas veterinárias, padarias, supermercados etc.. Para maiores informações em caso de doações de cães e gatos Clique Aqui.

 

Encontrei um Animal Silvestre, o que eu Faço?

Em caso de animais silvestres e selvagens o mais correto é procurar a polícia ambiental da sua região.

 

Tenho um abrigo de animais e/ou conheço uma pessoa que tem dezenas de animais. A PEA pode contribuir financeiramente ou com doações em espécie?

Nesses casos, a PEA pode contribuir divulgando a situação para nossos contatos. Você pode divulgar e pedir ajuda no grupo da PEA do Yahoo. Todo recurso financeiro é empregado no desenvolvimento de projetos e gastos administrativos. Veja algumas de nossas realizações que foram possíveis graças às doações recebidas: Clique Aqui

 

A PEA possui veterinários, nutricionistas ou pessoas que entendam de comportamento animal?

A PEA não oferece atendimento técnico dessa natureza. Nossas ações visam fundamentalmente à conscientização. Nesses casos, aconselhamos procurar um especialista da área ou um veterinário de sua confiança para poder orientá-la da melhor forma possível. Não aconselhamos e não prestamos análise, dicas ou diagnóstico a distância. Lembrando que a cada minuto de espera, o sofrimento e dor do animal pode aumentar, dependendo do que está acontecendo com ele. Por isso, quanto antes levá-lo ao veterinário, melhor!

 

A PEA pode dar Palestras?

A PEA ainda não conta com pessoal para realizar esse papel tão importante de conscientização dando palestras e coisas do gênero. Todo material educacional produzido pela PEA está disponível no link: www.pea.org.br/educativo.htm . Tanto os panfletos quanto os vídeos podem ser baixados do site por qualquer pessoa e sem custo algum. Navegando pelo mapa do site você poderá encontrar mais material interessante: www.pea.org.br/mapa.htm . Enfim, temos um vasto material em nosso site (material educativo), que você pode utilizar sem a necessidade de nos pedir autorização.

 

A PEA contrata estagiários?

A PEA não contrata estagiários, pois não temos verba para a remuneração. Apenas trabalhamos com voluntários.
 

Posso divulgar o site da PEA para meus contatos?

Sim, agradecemos por isso. Divulgando você estará ajudando a conscientizar mais pessoas e salvando mais animais.

 

Posso copiar os textos, fotos, cartazes, banners etc. do site da PEA?

Sim, citando ou mantendo a fonte onde você for divulgá-los.

 

Preciso de autorização da PEA para divulgar o material que está no site?

Não. Não há necessidade de pedir autorização. O material que está no site é para ser divulgado. Apenas pedimos que tomem cuidado para não divulgarem como sendo da PEA o que é material elaborado por terceiros.

 

Quero me tornar associado da PEA e contribuir mensalmente, como faço?

A campanha de associados da PEA pode ser acessada Clicando Aqui.

Sua colaboração fará diferença. A PEA agradece!

 

Existe apoio de empresas privadas aos movimentos?

Algumas empresas apóiam nossas campanhas devido aos seus donos ou executivos simpatizarem com nossos objetivos. Tratam-se de apoios esporádicos durante as campanhas, não contamos com parcerias fixas com o setor privado.

 

Quais são os dados da conta da PEA?

Banco Itaú - agência 1574 - conta corrente 22004-0

Banco Bradesco - agência 665-3 - conta corrente 127526-7

CNPJ - 05.872.606/0001-30

PEA - Projeto Esperança Animal

 

A PEA só tem conta nos Bancos Itaú e Bradesco?

Sim, a PEA só tem conta no Banco Itaú e no Banco Bradesco.

 

A PEA faz débito em conta para os Planos de Associados?

Em breve estaremos realizando débito em conta corrente, por enquanto, os planos de associados podem ser feitos pelo cartão de crédito, boleto (carnê) ou através de depósitos em conta corrente.

 

O que a PEA faz com as Contribuições?

Toda arrecadação da PEA, com produtos promocionais ou contribuições de associados, é utilizada para a manutenção administrativa, jurídica e nas ações de conscientização e protestos da entidade. Embora não tenhamos abrigo, realizamos várias ações com a finalidade de conscientização da população acerca da realidade dos animais. Acreditamos que as pessoas bem informadas tendem a tomar atitudes em prol dos animais. Essa é a nossa missão. Levar a informação até as pessoas. Só assim conseguiremos fazer a diferença.

 

Não tenho dinheiro.  Existe outra forma de ajudar a PEA?

Sim, a principal forma de ajudar a PEA não envolve dinheiro. Basta compartilhar as informações desse novo estilo de vida com seus amigos e parentes. A mudança nos hábitos de consumo e entretenimento da população é que garantirá o bem estar das outras espécies. E isso faremos de um em um, pessoa a pessoa. Começando nas nossas próprias casas.

 

Outras maneiras de colaborar:

Fornecendo Serviços Profissionais: web designer, serviços gráficos, confecção de material promocional...

 

Sendo um Ativista da PEA: Clique Aqui

 

Divulgando nosso Site para seus Conhecidos

 

Divulgando nossos Banners: Para salvar os arquivos, clique com o botão direito do mouse em cima do banner escolhido. Depois, selecione "Salvar Imagem Como" (Save Picture As).

60x120

60x140

70x70

fundo branco

70x70

fundo transparente

 

 

 

 

 

 

 

É possível abrir uma filial da PEA em outra cidade? Ainda não. A PEA está em fase de estruturação operacional, desenvolvendo normas e procedimentos internos, bem como a padronização de alguns projetos para viabilizar a abertura de filiais em outras localidades. Acreditamos que isso será possível em alguns meses.

 

A PEA possui algum fórum de discussão? A PEA tem uma comunidade no orkut e um grupo de discussão no Yahoo Grupos. Clique Aqui e saiba mais.

 

>voltar<

 

 

Mensagem - A Nossa Luta

Animais sendo retalhados para fins “didáticos”. Animais sendo mutilados e torturados para fins “científicos”. A nós não importa a finalidade, pois no final o resultado é o mesmo: TORTURA e MORTE e NÓS LUTAMOS contra isso.

 

Animais sendo executados em carrocinhas por pauladas, eletrocussão, envenenamento e injeção letal. A nós não importa o modo como matam, pois no final o resultado é o mesmo: TORTURA e MORTE e NÓS LUTAMOS contra isso.

 

Animais sendo caçados, criados em gaiolas, esfolados vivos para suas peles virarem roupas e souvenir. A nós não importa o produto, pois no final o resultado é o mesmo: TORTURA e MORTE e NÓS LUTAMOS contra isso.

 

Animais sendo aprisionados, espancados e mutilados para servirem de “entretenimento” em circos. A nós não importa se público ri, pois no final o resultado é o mesmo: TORTURA e MORTE e NÓS LUTAMOS contra isso.

 

Animais sendo capturados, socados em minúsculos compartimentos, transportados e vendidos como “bichinhos de estimação”. A nós não importa o quão raro é o exemplar, pois no final o resultado é o mesmo: TORTURA e MORTE e NÓS LUTAMOS contra isso.

 

Animais sendo cruzados em busca da raça perfeita, visando ao lucro, sendo vistos como meros produtos comerciais e descartados quando nascem com algum “defeito”. A nós não importa a pureza da linhagem, pois no final o resultado é o mesmo: TORTURA e MORTE e NÓS LUTAMOS contra isso.

 

Animais sendo obrigados a puxar cargas excessivas, chicoteados exaustivamente, animais vistos como objeto de trabalho. A nós não importa a finalidade, pois no final o resultado é o mesmo: TORTURA e MORTE e NÓS LUTAMOS contra isso.

 

Animais sendo treinados para matar, colocados em ringues para lutarem entre si. A nós não importa se dizem que é divertimento, pois no final o resultado é o mesmo: TORTURA e MORTE e NÓS LUTAMOS contra isso.

 

Animais sendo cruelmente torturados para aparentarem braveza, sendo montados, laçados, derrubados em arenas. A nós não importa se consideram isso um esporte, pois no final o resultado é o mesmo: TORTURA e MORTE e NÓS LUTAMOS contra isso.

 

Animais sendo espancados e atiçados para correrem entre milhares de pessoas e no final serem cruelmente abatidos. A nós não importa se chamam isso de comemoração, pois no final o resultado é o mesmo: TORTURA e MORTE e NÓS LUTAMOS contra isso.

 

Animais sendo criados e procriados aos montes, entupidos de hormônios, e abatidos para virarem “banquetes”. A nós não importa o gosto desse alimento, pois no final o resultado é o mesmo: TORTURA e MORTE e NÓS LUTAMOS contra isso.

 

Animais sendo executados a sangue frio, tendo suas entranhas dilaceradas para virarem oferenda aos “santos”. A nós não importa se chamam isso de religião, pois no final o resultado é o mesmo: TORTURA e MORTE e NÓS LUTAMOS contra isso.

 

Diga NÃO às Crueldades! Junte-se a nós nessa luta!

 

Autoria: Gabriela Toledo 

 

>voltar<