Seja um Ativista Seja um Associado Faça uma Doação Lojinha Adote Sobre a PEA

 

Página Inicial

Animais
Eventos
Meio Ambiente
PEA

 

Ajude a PEA

 

Ajude a combater os maus tratos e o abandono de animais. Seu apoio é muito importante.

Faça a Diferença

Clique Aqui

Você também pode ajudar

efetuando sua contribuição nos bancos abaixo

 

Banco Itaú

 Agência: 1574

Conta Corrente: 22004-0

 

Bradesco

  Agência: 0665-3

Conta Corrente: 127.526-7

 

CNPJ: 05.872.606/0001-30

 
Acesse, Copie, Divulgue

 

 

Siga a PEA

 

 

Notícias - ANIMAIS


 

Jumento bebê é atropelado e fica 10 dias sob forte chuva sem socorro

Autor(a): Andréa Ricci

Um jumentinho atropelado em uma avenida de São Luis, passou 10 dias debaixo de fortes chuvas sem nenhum tipo de socorro na capital do Maranhão. Um outro jumento também abandonado que estava no local, permaneceu o tempo todo com ele.

Sensibilizados, moradores da área tentavam alimentar o animal que estava com fratura exposta, enquanto isso buscaram sem sucesso, auxílio de órgãos do Governo do Estado, Prefeitura e Corpo de Bombeiros, além das redes sociais.

A ONG Projeto Patas em Ação que possui jumentos resgatados no seu abrigo, foi procurada por vários internautas na esperança de resgate, mas enquanto se mobilizada foi informada que populares inconformados com a situação de abandono haviam levado o jumentinho durante à noite para a porta das dependências do Hospital Veterinário da Universidade Estadual do Maranhão.

Esse é apenas mais um caso de negligência e abandono de jumentos na cidade, afirma a presidente da ONG Patas em Ação Andréa Ricci. Segundo ela, há poucos dias uma jumenta foi a óbito em outra avenida da capital em trabalho de parto, também após atropelamento. “Até quando nossos governantes irão fechar os olhos para o grave e crescente problema de animais abandonados em nossas vias? Precisamos trabalhar a educação animalista, direitos animais e guarda responsável, mas o poder público continua com os braços cruzados”, conclui Andréa.

O jumentinho infelizmente teve sua morte induzida, como única alternativa encontrada para interromper seu sofrimento.

Fonte: ANDA

Data: 17/3/2017 14:22:38

Compartilhe a notícia:

>voltar<