Seja um Ativista Seja um Associado Faça uma Doação Lojinha Adote Sobre a PEA

Página Inicial

 

Ajude a combater os maus tratos e o abandono de animais. Seu apoio é muito importante.

Faça a Diferença

Clique Aqui

Você também pode ajudar

efetuando sua contribuição nos bancos abaixo

 

Banco Itaú

 Agência: 1574

Conta Corrente: 22004-0

 

Bradesco

  Agência: 0665-3

Conta Corrente: 127.526-7

 

CNPJ: 05.872.606/0001-30

 
Acesse, Copie, Divulgue

 

 

Siga a PEA

 

 

Casos Marcantes


Vovó da USP

 

Perfil

Resgate

Tratamento

Agradecimentos

Gastos

Contribuições

Doações em Espécie

 

 

O Perfil da Vovó

Uma cadela idosa, vítima do abandono e descaso, vagou durante dias pelo campus da USP a procura de abrigo e alimento. Mesmo com seu corpo tomado pela sarna, mesmo fraca e desnutrida ela lutava para sobreviver. Sob olhares de nojo, repulsa e medo ela fugia das pessoas. Alguns profissionais e estudantes de veterinária ignoravam seu estado, ignoravam a sua vida. Ninguém fazia nada por essa pobre cadelinha que sofria a cada minuto.

 

A VOVÓ ESTÁ NO CÉU!

 

 

>voltar<

 

 

O Resgate

04 de Agosto de 2005

Ás 9h, eu avistei a cachorrinha, pela primeira vez, caminhando no meio da rua. Tentei chamá-la, mas ela fugiu. No final da tarde voltei para procurá-la e não a encontrei.

 

11 de Agosto de 2005

Às 12h, quando saia para almoçar, a vi novamente. Mais uma vez tentei chamá-la e ela fugiu. Fui atrás. Caminhei por mais de 10 minutos, mas ela não parou.

 

12 de Agosto de 2005

Procurei por ela em todos os lugares e não a encontrei.

 

13 de Agosto de 2005

Ás 10h, eu e meu marido a encontramos deitada. Tentamos nos aproximar, mas ela fugiu. Voltamos às 13h com um laçador, mas ela havia sumido. Por mais de 1h tentamos encontrá-la em vão.

 

14 de Agosto de 2005

Às 9h, voltamos no mesmo lugar junto com o Rogério, laçador profissional que contratamos. Procuramos por ela por mais de 45 minutos, até que finalmente ela surge. A habilidade do Rogério permitiu que o nosso resgate fosse um sucesso.

 

>voltar<

 

 

O Tratamento

 

14/08  -  19/08  -  22/08  -  23/08  -  24/08  -  27/08  -  03/09  -  08/09  -  10/09

14/09  -  26/09  -  14/10  -  22/10  -  11/11  -  02/12  -  08/12  -  15/12  -  16/12

 

>voltar<

 

 

14 de Agosto de 2005

 

 

 

Ás 11h fomos ao veterinário. Seu estado de saúde é muito crítico. É uma cadelinha idosa, muito sofrida e judiada. Ela não tem alguns dentes, está pele e osso, totalmente debilitada. O seu corpo todo está tomado pela sarna, não tem nenhum pelo, algumas partes estão em carne viva e está com muita infecção secundária na pele. Segundo a veterinária, é provável que essa cachorrinha esteja sofrendo assim há, no mínimo, 1 ano. Ela foi medicada, tomou banho com triatox e ficará internada na clínica pelo menos durante essa 1º fase de tratamento intensivo. Infelizmente não está comendo, mas se depender de todos que estão torcendo e cuidando dela, muito em breve, essa senhorinha estará recuperada para poder viver com dignidade. >voltar<

 

   

 

 

19 de Agosto de 2005

Todos os dias eu visito a Vovó na Clínica. Ela já está em uma gaiola maior, mas ainda continua muito debilitada. Passa a maior parte do tempo deitada. Ela perdeu muita massa muscular e gordura devido ao tempo que passou sem alimento. É medicada todos os dias e está se alimentando com ração de latinha misturada com ração de filhote. Visivelmente não houve melhoras significativas. >voltar<

 

 

 

22 de Agosto de 2005

Tudo estava indo muito bem, até que recebo a notícia bombástica de que a Vovó terá que sair da clínica em 24h, pois sua presença estava acarretando alguns problemas! Parece que um dos principais motivos foi que alguns clientes reclamaram da permanecia da Vovó na clínica. O outro motivo foi que ela não poderia ficar no ambulatório, pois havia a possibilidade da Vovó transmitir e/ou se contaminar com os outros animais que lá estavam. Estou realmente chocada e muito triste com tudo isso. >voltar<

 

 

23 de Agosto de 2005

Sensibilizados com a história da Vovó, muita gente me ligou e enviou e-mail querendo ajudar. Recebi inúmeras sugestões de locais que poderiam hospedar a Vovó. Vários contatos foram feitos, até que conseguimos um novo lar temporário. Fiquei realmente comovida com a mobilização que foi feita e gostaria de registrar meus sinceros agradecimentos a todos vocês que vêm me dando apoio desde o primeiro dia que encontrei a Vovó. >voltar<

 

 

24 de Agosto de 2005

Logo cedo, eu e meu marido, fomos buscar a Vovó na clínica, de lá fomos direto para a APASFA, entidade sem fins lucrativos e de Utilidade Pública. Fomos recebidos pelo Luiz Scalea e pelo Laércio. Levamos a Vovó para um quarto em uma casa emprestada para a Associação. Lá ela bebeu muita água, comeu ração de latinha e fez bastante xixi. Ainda está muito assustada, debilitada e desidratada. Permaneceu, o tempo todo, encolhida e olhando para parede. Perfeito sinal de depressão. Ainda podemos ver em seu olhar toda a tristeza, dor, angústia e medo que ainda sente. Ela não ficará mais presa e espremida dentro de nenhuma gaiola, pelo contrário, ficará solta nesse quarto. Tenho certeza de que o fato de estar mais livre ajudará na sua recuperação. Pena que eu não a verei mais todos os dias, pois ela está um pouco longe de mim. >voltar<

 

 

 

 

27 de Agosto de 2005

Hoje visitei a Vovó. Ela já não tem mais aquelas crostas em seu corpo, sua pele está lisinha e sem nenhum pêlo. O tratamento contra a sarna continua. A Vovó está reagindo muito bem. Sua vontade de viver é muito grande. Sem contar o seu apetite... Por dia ela come cerca de 06 latinhas de ração misturada com ração de filhotes. O Luiz a leva passear pela rua todas as noites. >voltar<

 

 

 

 

03 de Setembro de 2005

Hoje fui visitar a Vovó. Ela está mais gordinha e os pelos começaram a crescer. A sarna já está praticamente curada. Demos 2 brinquedinhos para ela se distrair. Passeamos na rua. Ela continua assustada e com muito medo. Estamos tratando isso com os florais de Bach que a Sueli deu para a Vovó. Percebemos que ela tem alguns tumores pelo corpo (um no rabo, um em uma das mamas e um na parte genital), o que nos deixou bastante preocupados. >voltar<

 

 

 

 

08 de Setembro de 2005

Eu estou arrasada. Hoje a Vovó fez ultra-som. Além dos 3 tumores (mama, genital e rabo), a Vovó está com um provável tumor na glândula adrenal, seu fígado apresentou grandes deformidades e o baço está aumentado. Devido a sua idade, não será possível realizar nenhuma cirurgia. O tratamento agora é totalmente paliativo. Ela será medicada para que o quadro não piore e para minimizar seu sofrimento. Infelizmente as doenças da Vovó não têm cura. >voltar<

 

 

10 de Setembro de 2005

Hoje levei a Vovó para dar uma volta na rua. Ela tem uma força incrível. Além de me puxar ainda quis sair correndo. Se eu não soubesse dos seus problemas diria que ela está extremamente bem! Apesar de tudo que passou, ela não desistiu da vida. Está lutando com todas as suas forças. >voltar<

 

 

 

 

14 de Setembro de 2005

Hoje faz exatamente 01 mês que resgatei a Vovó. Ela está melhor a cada dia. Levamos o ultra-som para outro veterinário, afim de termos uma segunda opinião. Segundo ele, os tumores da Vovó seriam facilmente removidos em uma cirurgia simples de castração. Porém, como ela não é tão jovem, esta cirurgia se torna muito arriscada. O melhor a ser feito, neste momento, é aguardar a total recuperação da Vovó, para uma segunda avaliação. Parece que a tempestade está passando e a Vovó, muito em breve, estará muito bem! >voltar<

 

 

26 de Setembro de 2005

A Vovó é outra cachorra! Ela está forte, menos assustada, gordinha e toda peluda. Simplesmente linda! Não dá para acreditar que é a mesma que resgatei há um mês e meio. As fotos falam por si só, mas posso dizer que ela está muito mais bonita pessoalmente. Assim que ela estiver mais saudável faremos novos exames para saber se ela suportará uma cirurgia. O mais importante agora é saber que ela não está sentindo dores! >voltar<

 

 

 

 

14 de Outubro de 2005

Hoje faz exatamente 02 meses que resgatei a Vovó. O Luiz me informou que ela está super bem. Continuam saindo para passear todos os dias. Estou triste por não conseguir vê-la o tanto quanto gostaria, mas, apesar dessa dificuldade, eu continuarei lutando por sua vida. >voltar<

 

 

22 de Outubro de 2005

Hoje eu fui visitar a nossa querida Vovó. Ela está linda, forte e peluda. Outra cachorra! Continua com medo, mas já não fica tão encolhida como antes. Ela é mansa, dócil, não late, fica quietinha o tempo todo. Passeamos na rua. Fiz muito carinho nela. Por enquanto, ela continuará tomando dois banhos com Dermaliza por semana! Ela continua sendo alimentada com ração mole e muita ração de latinha (cerca de 6 por dia)! A Vovó é realmente uma grande guerreira! Linda e cheia de vida. >voltar<

 

 

 

 

11 de Novembro de 2005

Hoje conversei com o Luiz. A Vovó continua melhorando a cada dia! Ela passou pelo veterinário que achou melhor não realizar nenhuma intervenção cirúrgica. Ela não sente dores e isso é o mais importante. Uma cirurgia, na idade dela, seria muito arriscada. >voltar<

 

 

02 de Dezembro de 2005

A Vovó mudou de casa novamente. Está sendo tratada na própria residência do Luiz. Lá ela recebe mais carinho e atenção. Está até dormindo no sofá. Adora um cafuné e já está mais confiante. Quanta mordomia! Mas ela merece! Apesar de tudo que passou, é um animal extremamente dócil, carente e muito tranqüilo. Eu estou morrendo de saudade dela. Cada dia que passa, mais difícil fica ir visitá-la. Mas eu a continuo amando e querendo o melhor para ela. Vejam as fotos que a Sueli tirou e enviou para mim. Vejam como o olhar dela mudou, o pelo está brilhante, sem contar que engordou bastante! Obrigada pelas fotos, Sueli! Bom, agora só falta um lar definitivo. Uma família que a respeite, pois ela merece ser feliz! >voltar<

 

 

 

 

08 de Dezembro de 2005

Hoje, a Vovó apresentou um sangramento no tumor localizado na genitália. Imediatamente, o Luiz a levou ao veterinário. A Vovó será submetida a um tratamento com quimioterapia, já que a cirurgia seria muito arriscada devido a sua idade avançada. A princípio, serão realizadas 4 sessões de quimio, que serão realizadas na própria clínica da APASFA. Estou muito apreensiva, mas tenho certeza de que ela irá superar mais esse obstáculo. Ela é forte e tem muita vontade de viver. Vovó, estamos torcendo por você. >voltar<

 

 

15 de Dezembro de 2005

A Vovó não está bem. Hoje é a segunda sessão de quimio. O Luiz acabou de me ligar e disse que ela está no soro, pois está muito fraquinha. Não está comendo nada. Segundo o veterinário, o tumor já deve ter atingido a coluna. Estou com medo. Muito medo. Ela precisa reagir! Ela precisa ser forte. Não sei nem o que escrever. Desculpe, mas eu estou muito triste... Torçam pela Vovó, por favor! >voltar<

 

 

16 de Dezembro de 2005

A Vovó dormiu!

 

A Vovó não sente mais dores, não sente mais medo, sequer sente fome! A Vovó está bem, em um mundo onde não existe abandono, crueldade e sofrimento. Ela está cercada de bichinhos, que assim como ela, já estiveram entre nós.

 

A Vovó partiu e deixou saudade. Saudade que aperta o peito e escorre como lágrimas! É difícil aceitar, dói muito. Ela foi uma grande guerreira. Foram 4 meses e 2 dias de muita luta. Mas sua hora chegou.

 

Quando foi morar com o Luiz, dormiu no sofá, comeu bolachas de maizena, chegou até a roer um cinto. Recebeu muito carinho e amor. Talvez ela nunca tivesse recebido tanta atenção como estava recebendo.

 

Mesmo depois de tanto sofrimento nunca demonstrou uma atitude agressiva. Foi uma cachorrinha maravilhosa!

 

Vovó eu não pude me despedir de você. Eu não pude lhe dar um beijo de Adeus. Mas saiba que eu sempre lhe amei, desde o primeiro dia. Você conquistou o coração de centenas de pessoas, que torceram, ajudaram e a amaram muito.

 

Peço-lhe desculpas por todo o mal que sofreu. A vida, aqui na Terra, é muito árdua e cruel. Infelizmente, não conseguimos lhe salvar e mostrar que nem tudo é sofrimento. Eu espero que você tenha sido feliz durante o pouco tempo que ficou entre nós. O que me conforta é saber que, nesses últimos meses, você viveu dignamente e cercada de amor, carinho, cuidado e respeito!

 

Beijos cheios de saudade!

Te amo!

Gaby

Vice-Presidente/PEA

  

>voltar<

 

 

Agradecimentos

Gostaria de agradecer a todos que torceram, rezaram e colaboraram com o tratamento da Vovó. Todo esse amor, carinho e atenção que ela recebeu foram os “remédios” mais importantes durante a sua recuperação.

 

Aproveito para agradecer imensamente ao Luiz, da APASFA, que foi quem acolheu e tratou e lutou até o último segundo por nossa querida Vovó. Luiz, você é uma pessoa iluminada, uma pessoa com um coração muito grande. Tenha a certeza de que você foi um anjo na vida desse animal. Obrigada mesmo!

 

Ajude a PEA a Ajudar os Animais. Clique Aqui

 

>voltar<

 

 

Gastos

 

Data

Discriminação

Total

14/08/05

Laçador

70,00

14 a 26

Tratamento na 1º Clinica

233,50

26/08/05

Consulta

15,00

26/08/05

Banho com Triatox

14,00

30/08/05

Banho com Triatox

14,00

02/09/05

Banho com Triatox

14,00

02/09/05

50 Latinhas de Ração

125,00

06/09/05

Banho com Triatox

14,00

08/09/05

Consulta

15,00

08/09/05

Ultra-Som

65,00

09/09/05

Banho com Triatox

14,00

10/09/05

50 Latinhas de Ração

125,00

13/09/05

Banho com Triatox

14,00

16/09/05

Banho com Triatox

14,00

20/09/05

Banho com Triatox

14,00

23/09/05

Banho com Dermazila

14,00

23/09/05

Consulta

15,00

23/09/05

50 Latinhas de Ração

125,00

27/09/05

Banho com Dermazila

14,00

30/09/05

Banho com Dermazila

14,00

04/10/05

Banho com Dermazila

14,00

07/10/05

Banho com Dermazila

14,00

11/10/05

Banho com Dermazila

14,00

14/10/05

Banho com Dermazila

14,00

18/10/05

Banho com Dermazila

14,00

19/10/05

50 Latinhas de Ração

125,00

21/10/05

Banho com Dermazila

14,00

25/10/05

Banho com Dermazila

14,00

28/10/05

Banho com Dermazila

14,00

01/11/05

Banho com Dermazila

14,00

04/11/05

Banho com Dermazila

14,00

08/11/05

Banho com Dermazila

14,00

08/11/05

50 Latinhas de Ração

125,00

11/11/05

Banho com Dermazila

14,00

15/11/05

Banho com Dermazila

14,00

18/11/05

Banho com Dermazila

14,00

22/11/05

Banho com Dermazila

14,00

22/11/05

50 Latinhas de Ração

125,00

25/11/05

Banho com Dermazila

14,00

29/11/05

Banho com Dermazila

14,00

08/12/05

1º Sessão de Quimioterapia

40,00

08/12/05

01 Bactrovet Prata

13,00

15/12/05

2º Sessão de Quimioterapia

40,00

Total

1.648,50

Saldo

+ 2,72

>voltar<

 

 

Contribuições

 

Data

Nome

Conta Depositada

Valor

14/08/05

Gaby

Clínica

28,50

19/08/05

Eva

Clínica

20,00

19/08/05

Fátima

Clínica

10,00

18/08/05

Sueli Apro

Gaby

40,00

19/08/05

Rosali

Clínica

40,00

21/08/05

Ana Claudia

Clínica

60,00

22/08/05

Silvana Beatriz

Clínica

50,00

23/08/05

Sueli Apro

Clínica

25,00

23/08/05

Lurdinha

Gaby

80,00

24/08/05

Não Identificado

Clínica

50,00

24/08/05

Natalia Bonfim

Gaby

30,00

25/08/05

Adriana Motta

APASFA

10,00

25/08/05

Claudete

APASFA

20,00

25/08/05

Laura

APASFA

30,00

25/08/05

Michelle Peroni

APASFA

15,00

25/08/05

Maria Borges

Gaby

40,00

26/08/05

Fernanda

Gaby

20,00

26/08/05

Alessandro Maza

APASFA

10,00

26/08/05

Lucia Rik

APASFA

50,00

26/08/05

Roberta Mouta

APASFA

30,00

29/08/05

Rosalee

APASFA

30,00

29/08/05

Tania

APASFA

50,00

30/08/05

Ana Cristina

APASFA

15,00

01/09/05

Hiolanda

APASFA

15,00

02/09/05

Claudia Oliveira

APASFA

30,00

05/09/05

Mônica Carvalho

APASFA

15,00

05/09/05

Alessandro Maza

APASFA

10,00

08/09/05

Neusa

APASFA

50,00

09/09/05

Cristiane Ganeu

APASFA

50,00

09/09/05

Adriana Vieira

APASFA

10,00

10/09/05

Mariana

Gaby

20,00

10/09/05

Noemi

APASFA

30,00

15/09/05

Léia

APASFA

30,00

16/09/05

Fábio Baioco

APASFA

50,00

19/09/05

Angelina Pita

APASFA

25,00

19/09/05

Marilena (Mãe da Milena)

APASFA

40,00

03/10/05

Cintia Ferracioli

APASFA

12,00

17/10/05

Neusa Habe

APASFA

50,00

18/10/05

Rogério e Patricia

APASFA

20,17

24/10/05

Eduardo

APASFA

10,15

25/10/05

Cecília

APASFA

30,00

11/11/05

Neusa

APASFA

50,00

07/12/05

Neusa

APASFA

50,00

07/12/05

Alfredo

APASFA

10,25

07/12/05

Rogério e Patricia

APASFA

20,15

09/12/05

Lurdinha

APASFA

60,00

15/12/05

Antonio Carlos

APASFA

50,00

18/12/05

Eduardo

APASFA

10,00

04/01/06

Neusa

APASFA

50,00

09/02/06

Neusa

APASFA

50,00

06/03/06

Neusa

APASFA

50,00

Total  

1.651,22

* O crédito de R$ 50,00 da 1º Clínica e todo valor depositado na minha conta foram devidamente  repassados para APASFA.

 

>voltar<

 

 

Doações em Espécie

 

Nome

Espécie

Local

Carlos

10 Latinhas

Clinica

Ana Claudia

04 Latinhas

Clinica

Sueli Apro

09 Latinhas

APASFA

Renata Trocoli

06 Latinhas e 01 Pacote de Ração

APASFA

Sueli

Florais de Bach

APASFA

Andresa e Fernanda Gavioli

05 Latinhas

APASFA

Fernanda - Planeta Dog

01 Latinha

APASFA

Pedro - Planeta Dog

01 Latinha

APASFA

Vanda - Planeta Dog

02 Latinhas e 01 Pacote de Ração

APASFA

Selma e Wilsom

02 Pacotes de Ração

APASFA

Dr. Paulo Cesar - DAP

05 Latinhas

APASFA

Gizani

04 Latinhas

APASFA

Silva

02 Latinhas

APASFA

Rudi

01 Papinha Neném

APASFA

Milena

06 Latinhas e 01 Pacote de Ração

PEA

Dr. Paulo e Amigos Bruna e Zita

Del. Geral de Policia

12 Latinhas

APASFA

Sueli Apro

01 Caminha

APASFA

 

>voltar<