Seja um Ativista Seja um Associado Faça uma Doação Lojinha Adote Sobre a PEA

Página Inicial

 

Ajude a combater os maus tratos e o abandono de animais. Seu apoio é muito importante.

Faça a Diferença

Clique Aqui

Você também pode ajudar

efetuando sua contribuição nos bancos abaixo

 

Banco Itaú

 Agência: 1574

Conta Corrente: 22004-0

 

Bradesco

  Agência: 0665-3

Conta Corrente: 127.526-7

 

CNPJ: 05.872.606/0001-30

 
Acesse, Copie, Divulgue

 

 

Siga a PEA

 

 

Casos Marcantes


Resgate do carneiro Bode

 

24/12/06

04/01/07

05/01/07

07/01/07

12/01/07

21/01/07

03/02/07

Fotos

 

Você também pode fazer a diferença para um animal.

Não se omita - Denuncie! Você não precisa de mais ninguém!

Veja como denunciar Clique Aqui!

 

 

24 de Dezembro de 2006

18:00h: Em meio a cidade de São Paulo, no canteiro da Marginal Pinheiros, havia um carneiro preto, adulto, amarrado por uma corda. Chovia muito e o animal não tinha abrigo. Além disso, ele estava em eminente risco de atropelamento e poderia causar um acidente ainda maior.

 

>voltar<

 

 

04 de Janeiro de 2007

14:00h: O carneiro foi novamente avistado e alguns trabalhadores da região informaram que o mesmo teria sido adquirido para abate, e isso aconteceria nos próximos dias.

 

Algumas infrações estavam sendo cometidas e outras estavam por vir:

 - Manter animal sem abrigo de chuva;

 - Manter animal em praça pública;

 - Manter animal nas proximidades de via movimentada;

 - Manter animal sem cuidados veterinários adequados;

 - Intenção de abate residencial;

 - Intenção de fornecimento de carne sem inspeção.

 

>voltar<

 

 

05 de Janeiro de 2007

16:00h: Integrantes da PEA e APASFA dirigiram-se ao local para averiguação e providências cabíveis.

 

16:00h: Através do 190 foi solicitado uma viatura policial

 

18:00h: O carneiro, que recebeu o carinhoso nome "Bode", foi resgatado e imediatamente encaminhado ao veterinário.

 

18:30h: A Dra. Patrícia, da Clínica Veterinária Ponta Porã, atendeu-nos prontamente efetuando procedimentos de assepsia e administração de antibiótico injetável.

 

20:00h: O Bode foi encaminhado para uma chácara a 50 Km de São Paulo, onde receberá cuidados para sua total recuperação e permanecerá até segunda ordem.

 

>voltar<

 

 

07 de Janeiro de 2007

15:00h: Ao fazer os curativos no Bode, uma placa de pele dura se desprendeu do seu focinho. Por baixo desta pele, bem próximo ao olho esquerdo, havia uma profunda cavidade, infeccionada e repleta de bicheira. Consultamos o veterinário da região, o Dr. Eduardo, da Clínica Edu-Cão em Franco da Rocha, que nos orientou sobre a continuidade do tratamento:

- aplicação de Flotril injetável (10 dias)

- aplicação de Ivomec

- assepsia da lesão com Líquido de Dakin e aplicação de Ungüento.

 

Foto da bicheira abaixo do olho esquerdo.

 

Esse animal seria abatido e servido como "comida".

 

Pense no que você anda comendo por ai!

 

>voltar<

 

 

12 de Janeiro de 2007

12:00h: O ferimento está cicatrizando rapidamente, porém as crostas, ao redor dos lábios e ao redor do olho esquerdo, não apresentaram muita melhora. A suspeita é de  Ectima Contagioso (boqueira). Diante do quadro, a Dra. Ana Carla, do Hospital Veterinário da UNIP, especialista em ruminantes, solicitou a coleta de amostras das crostas, que serão encaminhadas ao laboratório, possibilitando um diagnóstico mais preciso.

 

>voltar<

 

 

21 de Janeiro de 2007

12:00h: O Bode está cada vez melhor! O ferimento está praticamente cicatrizado e as crostas quase totalmente secas. O laudo do laboratório sairá em, aproximadamente, 40 dias.

 

Acompanhe a Evolução do Tratamento

Clique no Quadrinho Abaixo

 

>voltar<

 

 

03 de Fevereiro de 2007

 

Vítimas do Desmatamento

Madrugada, 03 de Fevereiro de 2007, um ataque silencioso fere nosso querido Bode. Um ataque sem aviso, sem rastros, mas com uma única certeza, tratam-se de duas vitimas. Uma fatal, o Bode, e a outra, vítima do desmatamento. Mesmo que até o momento sua identidade ainda seja desconhecida, a pobre criatura selvagem corre iminente risco de vida, seu ataque nada mais foi que a luta diária por sobrevivência em seu habitat, que vem sendo roubado rapidamente pelo homem. O desmatamento destrói não apenas o ecossistema, mas também faz sofrer todos aqueles que tentam preservar o pouco que resta.

 

Nosso Bode nos deixou, partiu. Doce criatura que nos ensinou que a vida é mais frágil do que se parece. Com seu olhar doce, seu jeito carinhoso e companheiro, conquistou corações humanos e não humanos. Sem querer, ele mostrou que por mais distante que um animal possa estar de nosso convívio diário, ele é capaz de demonstrar afeto.

 

A realidade às vezes é cruel de mais. Perdas como esta ferem a alma, mas mostram que, infelizmente, nem sempre é possível vencer.

 

Agora fica o vazio da saudade, e a vontade de lutar cada vez mais por tantas vítimas da nossa própria existência.

 

>voltar<

 

 

Fotos - Fonte PEA

Antes do Resgate

Antes do Resgate

Resgate

Resgate

No Veterinário

No Veterinário

Chegando na Chácara

Na Chácara

07/01 - Face Esquerda

07/01 - Face Esquerda

07/01 - Face Direita

07/01 - Frontal

08/01

23/01

 

>voltar<